Bomba em Bagdá mata soldado americano e duas crianças

Uma bomba explodiu neste domingo em uma rua movimentada de Bagdá, matando um soldado norte-americano e duas crianças iraquianas. Cinco soldados dos Estados Unidos, seu intérprete iraquiano e oito membros dos corpos de defesa do Iraque ficaram feridos. A informação foi dada por um sargento americano, Patrick Compton. Os soldados eram do 2º Regimento Blindado de Cavalaria, e estavam patrulhando ruas do bairro de Karrada. O ataque ocorreu apenas um dia após os rebeldes da cidade santa xiita de Kerbala terem lançado a maior ofensiva contra as tropas de ocupação do Iraque desde o dia 13 de dezembro, quando foi capturado o ex-ditador Saddam Hussein; nessa ofensiva, foram mortos seis soldados das tropas de ocupação, seis policiais iraquianos e um civil, e 172 pessoas ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.