Bomba em mesquita mata 13 no Paquistão

Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas com a explosão de uma bomba no interior de uma mesquita xiíta na cidade de Karachi, no sul do Paquistão, durante as orações desta sexta-feira. A mesquita é vizinha de uma das mais importantes escolas islâmicas da cidade, a Sindh Madrasa. O presidente do país, Pervez Musharraf, condenou o atentado e ordenou o início imediato das investigações sobre a autoria. Segundo uma testemunha, um homem deixou um embrulho na parte frontal da mesquita e saiu imediatamente. Pouco tempo depois, a bomba explodiu destruindo totalmente o interior do templo e deixando os cadáveres mutilados e queimados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.