Bomba em ônibus deixa 35 mortos e 35 feridos em Cabul

Diversos recrutas estavam no veículo, quando o explosivo foi jogado dentro dele

Agencia Estado

18 Junho 2007 | 09h47

Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 35 ficaram feridas por causa de uma explosão em um ônibus ocorrida em frente ao quartel da Polícia em Cabul, informou um porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão. Diversos recrutas estavam no ônibus da academia de polícia, quando a bomba foi jogado dentro dele, matando vários, disse Zalmai Khan, chefe da polícia da província de Cabul. Ali Shah Paktiawal, diretor das investigações criminais da polícia em Cabul, disse que inicialmente dezenas de policiais morreram. Segundo o porta-voz do ministro do Interior, 35 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas. O teto do ônibus foi arrancado e os oficiais retiraram vários corpos do que sobrou do veículo. Wali Mohammad, uma testemunha que dirigia seu carro e estava atrás do ônibus, disse "há muitos mortos e feridos entre policiais e civis". Mohammad disse que ele viu um grande fogo e poeira em sua frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.