Bomba erra o alvo e cai sobre casas em Cabul

Islamabad - A periferia da Cabul, capital afegã, voltou a ser bombardeada hoje por aviões norte-americanos. O ataque concentrou-se no aeroporto e pelo menos um civil morreu. Uma "bomba inteligente" de 900 quilos errou o alvo e caiu sobre um conjunto de casas, destruindo quatro, admitiram funcionários do Pentágono. Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas, segundo moradores. Um porta-voz do Taleban estimou em 300 os mortos desde o início dos ataques, no domingo passado. Ele rejeitou a condição de Bush para suspensão dos ataques - a entrega de Bin Laden e seu pessoal. "Esta é uma guerra santa, do Islã contra o Ocidente." Por sua vez, o "chanceler" da Aliança do Norte, Abdullah Abdullah, disse que os ataques aéreos americanos sobre as bases aéreas e instalações militares do Taleban acabaram com a capacidade das forças talebans de lançar uma contra-ofensiva contra as forças da oposição. "Nesta semana não houve nenhum movimento de tropas e isto é significativo", disse Abdullah. Leia o especial

Agencia Estado,

13 Outubro 2001 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.