Bomba explode em estação de trens no Paquistão e deixa cinco mortos

Outras 15 pessoas ficaram feridas com a explosão, sendo que oito estão em estado grave

estadão.com.br,

27 de junho de 2012 | 17h06

Texto atualizado às 17h55

QUETTA, PAQUISTÃO - Pelo menos cinco pessoas morreram e 15 ficaram feridas depois de uma bomba explodir em uma loja de chás, dentro da estação de trens no sudoeste do Paquistão, nesta quarta-feira, 27. A explosão parecia ser direcionada contra o trem que seguia da cidade de Quetta para Rawalpindi, próximo à Islamabad, no norte do país.

Veja também:

link Talibãs paquistaneses decapitam 7 militares no oeste do país

"A explosão ocorreu cerca de 23h30 (horário local). Cinco pessoas morreram e pelo menos 15 se estão feridas, sendo oito em estado grave", afirmou Shahid Saleem, um funcionário do local. As autoridades dizem que o número de mortos pode aumentar e que o desastre poderia ter sido maior caso o trem estivesse parado na plataforma.

Outro funcionário, Qamar Maqsood, explicou que a maioria das vítimas estava na plataforma, aguardando o trem, quando a bomba estourou.

"Entre os falecidos está um policial da rede ferroviária e uma criança de cerca de seis ou sete anos", informou Saleem. Até o momento nenhum grupo reivindicou o atentado.

A região onde se localiza Quetta, Baluchistán, é rica em petróleo e gás, mas é uma das mais pobres do país. Os ativistas de Direitos Humanos acusam os militares de execuções extrajudiciais, com a intenção de acabar com a insurgência separatista que atua na região.

Com AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãobombamortosferidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.