Bomba explode em frente a banco JPMorgan em Atenas

Uma bomba de fabricação artesanal explodiu na frente do escritório do banco norte-americano JPMorgan hoje no centro de Atenas. O artefato provocou apenas danos materiais, segundo uma fonte policial. Uma chamada anônima para a redação de um jornal local informou sobre a iminência da explosão, que aconteceu às 19h50 (horário local) ou 15h50 (horário de Brasília).

PATRICIA LARA, Agencia Estado

16 de fevereiro de 2010 | 20h33

Após o alerta, a polícia conseguiu isolar o bairro de Kolonaki, em pleno centro da capital grega, antes da explosão, que provocou estragos na entrada para os escritórios do banco, situado no segundo andar de um edifício na rua Haritos. Ninguém havia reivindicado o atentado até o momento.

Segundo entrevistas e gravações divulgadas pelo The New York Times, instituições como os bancos Goldman Sachs e JPMorgan desenvolveram instrumentos financeiros que permitiram que os governos da Grécia, Itália e outros países conseguissem mais capital sem que o aumento do endividamento provocasse suspeitas.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaJPMorgan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.