Bomba explode em frente a embaixada no Paquistão

Uma bomba caseira de baixo poder destrutivo foi detonada hoje dentro de um carro num estacionamento em frente ao Alto Comissariado - ou embaixada - da Grã-Bretanha em Islamabad, deixando o carro danificado, informou a polícia local. "Um artefato explosivo caseiro de baixo poder de destruição foi colocado dentro de um veículo pertencente à frota do Alto Comissariado britânico", disse Masir Khan Durrani, superintendente da polícia local. A explosão ocorreu depois de o veículo ter sido levado ao estacionamento da representação diplomática, deixando um buraco na carroceria do carro, prosseguiu. Um funcionário britânico disse que não houve vítimas. Ele recusou-se a fornecer mais detalhes. Testemunhas relataram que muitos policiais deslocaram-se para os arredores do Alto Comissariado britânico em Islamabad. A polícia iniciou as investigações, mas nenhuma prisão foi feita até o momento, de acordo com Durrani. Nenhum grupo extremista reivindicou responsabilidade pelo incidente. Em Londres, o secretário britânico das Relações Exteriores, Jack Straw, declarou-se preocupado com a explosão. "Eu observaria com bons olhos a rápida reação das autoridades paquistanesas e aguardo o resultado das investigações", disse ele. "Conversei com nosso alto comissário. Ele confirmou que todas as medidas necessárias foram tomadas para garantir a segurança e o bem-estar de nossos funcionários."

Agencia Estado,

24 Janeiro 2002 | 13h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.