Bomba explode em frente a escritório do Fisco no sul da Itália

Artefato provocou danos nas vidraças da entrada e na porta de acesso ao prédio, informaram os meios de comunicação locais

Efe,

16 de junho de 2012 | 06h36

ROMA - Uma bomba explodiu neste sábado, 16, na frente de um escritório do Fisco na cidade italiana de Lamezia Terme, na região de Reggio Calabria, no sul do país, sem que tenha causado vítimas.

A bomba, que explodiu por volta das 3h (22h de Brasília da sexta-feira), provocou danos nas vidraças da entrada e na porta de acesso ao escritório, informaram os meios de comunicação locais.

A Polícia foi imediatamente até o local para tentar esclarecer o sucedido, embora por enquanto ninguém tenha assumido o ataque.

Em dezembro de 2011 outra entidade pública encarregada da arrecadação dos impostos, a Equitalia, sofreu diferentes ataques com o envio de pacotes-bomba para um de seus escritórios em Roma.

Um desses artefatos explosivos feriu o diretor-geral da sociedade, em um ataque que foi reivindicado então pela denominada Federação Anárquica Informal (FAI), que também se atribuiu, entre outros, a autoria de uma carta-bomba enviada ao presidente do Deutsche Bank, Josef Ackermann, que não chegou a explodir.

Mais conteúdo sobre:
bombaitaliapolicia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.