Bomba explode em frente a tribunal na Itália

Uma bomba de baixo poder destrutivo explodiu na madrugada desta segunda-feira em frente a um tribunal nos arredores de Roma, informou a polícia local. A explosão não deixou vítimas e causou poucos danos materiais. Um bilhete sem assinatura, encontrado perto da corte em Viterbo, reivindicava a autoria do ataque, disse Ada Morgese, uma porta-voz da polícia local. Viterbo situa-se a cerca de 70 quilômetros de Roma.As autoridades acreditam que o bilhete tenha sido deixado por anarquistas, mas ainda não se sabe ao certo quem seria o responsável - ou responsáveis - pela explosão, prosseguiu Morgese. O edifício estava vazio quando a bomba explodiu, por volta das 2h locais de hoje, mas a polícia disse ter recebido muitos telefonemas de moradores da região denunciando a explosão.O artefato estilhaçou as janelas de uma loja próxima, mas apenas uma das salas do tribunal estava interditada em virtude da explosão, afirmou Morgese. A explosão é a mais recente de uma série de incidentes similares atribuídos a anarquistas pela polícia italiana. A maior parte dos casos envolvia cartas-bomba incendiárias enviadas a autoridade em Roma e na ilha da Sardenha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.