Bomba explode em hospital no Paquistão matando 12

Uma bomba explodiu do lado de fora do portão de emergência de um hospital da instável região noroeste do Paquistão, matando pelo menos 12 pessoas e ferindo 15 outras nesta terça-feira, segundo uma fonte policial. O ataque ocorreu um dia depois de Pervez Musharraf renunciar à presidência do país, acrescentado a incerteza política a um país envolto com as ameaças de extremistas islamitas.Também ocorre em meio a uma ofensiva militar nas proximidades da uma região tribal que deixou centenas de mortos e incitado promessas de vingança de militantes. Não há por enquanto grupos reivindicando a responsabilidade pela explosão. "Não temos certeza se é um ataque suicida", disse o inspetor de polícia Salahuddin Kundi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.