Bomba explode em sede regional do movimento de Uribe

Uma bomba de pouca potência explodiu nesta quinta-feira nos arredores da sede regional em Pereira do movimento Primeiro Colômbia, que promove a reeleição do presidente Álvaro Uribe nas eleições deste mês, informaram fontes policiais.A bomba não deixou vítimas, mas causou alguns danos no edifício e em cinco lojas localizadas ao lado do prédio, afirmou à imprensa um porta-voz da polícia na cidade, 360 quilômetros a oeste de Bogotá, capital do departamento de Risaralda.Segundo testemunhos obtidos pelas autoridades locais, a bomba foi jogada por um homem que passou pelo local de moto.O movimento de Uribe em Pereira não tinha recebido ameaças, segundo o diretor da campanha do presidente na cidade, Elkin Drews.No entanto, Drews disse à rádio Caracol que alguns congressistas da região vinculados com a campanha de reeleição do governante afirmaram que receberam intimidações de grupos de criminosos.O ataque é o primeiro contra uma sede de candidatos à Presidência nas eleições de 28 de maio ocorrido na atual campanha eleitoral, que será encerrada este fim de semana.As pesquisas de intenção de voto dão mais de 50% dos votos a Uribe, que tem como maiores adversários os candidatos pelo Partido Liberal Colombiano, o ex-ministro Horacio Serpa, e pelo Pólo Democrático Alternativo (de esquerda), o senador e ex-magistrado Carlos Gaviria Díaz, ambos da oposição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.