Bomba explode em Viña del Mar horas antes da chegada de Obama ao Chile

Cidade está fora do roteiro do presidente americano; explosão causou poucos danos

Efe

21 de março de 2011 | 09h48

SANTIAGO DO CHILE - A explosão de uma bomba causou poucos danos na sede do Instituto Chileno-Americano de Cultura da cidade de Viña del Mar, horas antes da chegada do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, informaram nesta segunda-feira, 21, fontes da polícia.

 

A explosão ocorreu perto da meia-noite desta segunda-feira (mesmo horário de Brasília) em Viña del Mar, cidade que não está incluída na agenda do governante americano, cuja chegada ao Chile está prevista para depois do meio-dia desta segunda-feira.

 

A explosão da bomba causou grande inquietação entre os moradores da área, alguns dos quais disseram ter visto o suposto autor do atentado, explicou aos jornalistas o capitão de Carabineiros Nibaldo Lillo.

 

Trata-se de um indivíduo de aproximadamente 1,70 metros de estatura e vestido de preto, que lançou uma bolsa em direção ao jardim do recinto, relatou o oficial.

 

Não foram encontrados panfletos no local e até agora nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamaChileexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.