Bomba explode na Espanha; ETA planeja assassinato

Uma bomba explodiu num hotel nas proximidades de Bilbao, na Espanha, sem deixar vítimas, informam autoridades. Acredita-se que a explosão foi detonada por separatistas bascos. No fim de semana, um documento de circulação interna do ETA afirmou que o grupo pretende assassinar uma alta autoridade do governo.O Hotel Tamarises, na cidade de Getxo, e a área ao redor foram esvaziadas nesta segunda-feira, depois que um telefonema, atribuído ao ETA, alertou a imprensa para o fato de que uma bomba havia sido colocada no local. O andar térreo do edifício, de 42 quartos e dois andares, sofreu danos sérios.No final de semana, o Zutabe 100, um informativo distribuído pelo ETA a seus comandos, avisou que o grupo separatista basco assume, como alta prioridade, assassinar uma figura importante do governo. Em 1995, a organização tentou matar o hoje primeiro-ministro - e então líder da oposição - José María Aznar, com um carro-bomba. No mesmo ano, a polícia impediu um plano de usar um franco-atirador para assassinar o rei Juan Carlos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.