Bomba explode perto do Ministério do Interior da Itália

Uma bomba que explodiu próxima ao Ministério do Interior da Itália, no centro de Roma, danificou automóveis e fragmentou vidros das janelas do prédio governamental. Segundo a polícia, ninguém ficou ferido. Nenhum grupo assumiu imediatamente a autoria da explosão, ocorrida às 4h (horário local).O explosivo foi colocado em uma bicicleta motorizada na esquina do ministério, sede central da polícia nacional e dos serviços nacionais de segurança. Não houve danos no edifício do ministério, mas a explosão rompeu vidros de vários janelas do local.O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, classificou o ocorrido de "sinal inquietante". O ministro do Interior Claudio Scajola, por sua vez, disse que tratou-se de "um ato muito sério perpetrado contra o símbolo da autoridade de Estado".Especialistas em explosivos vasculharam o local em busca de fragmentos da bomba, ao mesmo tempo em que a polícia verifica os vídeos das câmaras de vigilância e interrogava testemunhas.Segundo o chefe dos carabineiros, Gianfranco Cavallo, a explosão foi "mais uma demonstração do que uma tentativa de causar vítimas". "A rua estava praticamente deserta, não havia trânsito e o explosivo não foi muito poderoso", justificou.A explosão causou inquietação na Itália, que reforçou suas medidas de segurança depois dos ataques de 11 de setembro nos Estados Unidos, e que também tem antecedentes de atos de terrorismo. Na semana passada, um tribunal milanês impôs a primeira condenação em um julgamento de acusados vinculados à rede terrorista Al-Qaeda.Também na semana passada, vários marroquinos foram detidos em Roma por um suposto plano de atacar a embaixada dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.