Rahmat Gul/AP
Rahmat Gul/AP

Bomba explode durante passagem de ônibus em estrada no Afeganistão e mata 28 passageiros

Segundo porta-voz da província de Farah, 10 pessoas ficaram feridas. Nenhum grupo reivindicou a autoria da explosão

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2019 | 03h08

HERAT, AFEGANISTÃO - Ao menos 28 pessoas morreram, a maioria mulheres e crianças, nesta quarta-feira, 31, após um ônibus passar por cima de uma bomba colocada em uma estrada no oeste do Afeganistão, informaram fontes oficiais.

"O ônibus seguia pela autoestrada Kandahar-Herat quando foi atingido pela bomba dos Taleban. Ao menos 28 pessoas morreram e 10 ficaram feridas", disse Muhibullah Muhib, porta-voz da província de Farah.

Outro porta-voz do governo local, Farooq Barakzai, afirmou que o número de mortos pode ser ainda maior, e que todas as vítimas eram civis. Até o momento, os Taleban não reinvindicaram a autoria da ação.

Na última terça-feira, 30, um relatório das Nações Unidas advertiu que os civis continuam sendo mortos e feridos a um ritmo "inaceitável" no Afeganistão, apesar das negociações em curso para acabar com décadas de guerra.

Embora o número de vítimas nos primeiros seis meses de 2019 tenha caído 27% em relação ao mesmo período do ano passado, 1.366 civis foram mortos e 2.446 ficaram feridos, informou a Missão da ONU no Afeganistão (MANUA) em seu relatório semestral. Um terço das vítimas são crianças (327 mortas e 880 feridas), principalmente devido a explosivos não detonados que manipulam sem estarem cientes dos riscos. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
TalebanAfeganistão [Ásia]terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.