Bomba mata 6 soldados da Otan no Afeganistão

Um pacote de explosivos colocado dentro de um micro-ônibus explodiu hoje na entrada da base conjunta da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no sul do Afeganistão, matando seis soldados. Outros dois soldados afegãos também foram mortos, no momento em que se preparavam para sair em patrulhamento.

AE, Agência Estado

12 de dezembro de 2010 | 19h21

As forças da Otan pediram mais segurança depois de meses de ataques de rebeldes às patrulhas na província de Kandahar, mas a explosão de hoje mostra que a área está longe de ser segura. A explosão ocorreu dias antes de a Casa Branca rever sua estratégia no Afeganistão. No ano passado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviou 30 mil soldados norte-americanos para conter os avanços do Taleban.

Autoridades afegãs disseram que o ataque suicida ocorreu no distrito de Zhari, em Kandahar, onde Mohammad Omar organizou o Taleban no começo dos anos 1990. O Taleban assumiu o ataque. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
bombamortessoldadosOtanAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.