Bomba mata dois e fere três no Paquistão

Uma bomba explodiu em frente a uma concessionária de carros na cidade de Karachi, no sul do Paquistão, neste sábado. Duas pessoas morreram e três ficaram feridas, todas funcionárias da loja, informou o chefe da polícia local, Munir Sheikh. A explosão danificou três carros e destruiu as vitrines do estabelecimento, localizado na área comercial do município. O incidente aconteceu na mesma região em que a polícia paquistanesa prendeu um importante integrante da al-Qaeda, Ramzi Binalshibh, em setembro de 2002. Os autores do atentado ainda não reivindicaram a autoria.Karachi, a maior cidade do país, com 14 milhões de habitantes, tem sido cenário de diversos ataques terroristas nos últimos anos, a maioria feitos por militantes islâmicos. O Paquistão é considerado um aliado-chave dos Estados Unidos na guerra contra o terrorismo. Este atentado aconteceu duas semanas depois das agências de segurança paquistanesas prenderem outros suspeitos de ligação com a al-Qaeda, incluindo o tanzaniano Ahmed Khalfan Ghailani, acusado de envolvimento com as explosões na embaixada norte-americana na África, em 1998.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.