Bomba mata dois policiais em Bogotá

Uma bomba explodiu na noite desta quinta-feira, em uma região movimentada na região noroeste de Bogotá, na Colômbia, matando dois policiais que passavam em patrulha. Outro oficial e uma mulher ficaram feridos. Segundo testemunhas, cerca 20 minutos depois ouviu-se o barulho de outra detonação, mas ainda não há mais informações a respeito. A bomba explodiu quando a patrulha policial passava num trecho da rua em que havia um salão de beleza, um restaurante, uma venda de frutas e uma escola. O estrondo causou pânico entre os moradores de Suba. Vitrines e vidraças foram destruídas. O chefe da polícia local, general Jorge Castro, disse que a explosão foi provocada por um artefato com 30 Kg de explosivos, o qual foi colocado junto a um poste de iluminação pública. Castro ofereceu uma recompensa de 100 milhões de pesos (aproximadamente 38 mil dólares) por informações sobre o responsável pelo atentado. Até o momento, nenhum grupo reivindiou a autoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.