Bomba mata governador distrital no Afeganistão

O governador do distrito afegão de Dur Baba, na província de Nangarhar, morreu nesta sexta-feira após uma bomba atingir seu veículo, segundo informações da polícia local. Outras três pessoas ficaram feridas no atentado. Até agora, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, mas a polícia atribui as características do crime a ações do Taleban.

AE, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 11h23

O governador Khorsheed (como muitos afegãos, ele tinha apenas um nome) morreu quando se dirigia para o trabalho, segundo o coronel Abdul Ghafour, porta-voz da polícia local. "O governador distrital foi martirizado. Três outras pessoas, seu motorista e os guardas, ficaram feridos", disse.

A polícia suspeita que o ataque foi realizado pelo Taleban, que lançou uma insurgência contra o governo local apoiado pelos Estados Unidos desde que a invasão que tirou o grupo fundamentalista do poder, em 2001. Há mais de 150 mil soldados estrangeiros, sobretudo norte-americanos, enfrentando a insurgência no Afeganistão. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoatentadosgovernadormorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.