Bomba mata mulher e fere 11 em restaurante do Paquistão

Uma mulher turca foi morta por umataque à bomba em um restaurante em Islamabad, capital doPaquistão, neste sábado. Outros oito estrangeiros e trêspaquistaneses ficaram feridos, de acordo com informações dohospital que recebeu as vítimas. Uma lista divulgada pelo hospital da capital paquistanesainforma a nacionalidade dos feridos, que inclui cinconorte-americanos, um britânico, um canadense, um japonês e trêspaquistaneses. O vice-inspetor da polícia, Sharid Nadeem Baloch, disse quea vítima turca prestava serviços humanitários no Paquistão. O Paquistão tem combatido militantes islâmicos desde que sejuntou à campanha liderada pelos Estados Unidos contra oterrorismo, após os ataques de 11 de setembro. Mais de 500pessoas morreram neste ano em ataques atribuídos a militantes,incluindo vítimas de uma onda de ataques suicidas. Diplomatas dos EUA já foram alvo desses atentados diversasvezes, mas ataques em locais como restaurantes frequentados porestrangeiros marcaria uma novidade nas táticas dos militantes. O policial Baloch disse que a explosão deixou uma cratera edescartou a possibilidade de um ataque suicida. Uma testemunha disse que a explosão ocorreu em áreaajardinada que fica nos fundos do restaurante Luna Caprese, quecostuma ser frequentado por expatriados, diplomatas,funcionários de agências humanitárias e jornalistas. "Foi ensurdecedor. Nós retiramos pelo menos oito pessoasdos escombros. A maioria deles é estrangeira", disse TariqMahmood, um dos garçons do restaurante, à Reuters. O lojista Khalid Qureshi atravessou a rua correndo paraajudar as vítimas feridas. "Havia corpos em todos os lados e pessoas gritando", disseQureshi. O Paquistão vem passando por um período de turbulênciapolítica por conta da oposição ao presidente Pervez Musharraf.Seus aliados saíram derrotados em uma eleição parlamentar nomês passado. E a campanha foi marcada pelo assassinato daex-premiê Benazir Bhutto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.