Bomba mata pelo menos 9 em Bangladesh

Pelo menos pessoas nove pessoas teriam morrido, e outras treze ficado feridas, em decorrência da explosão de uma bomba em uma igreja católica na cidade de Baniachar, sudoeste de Bangladesh, neste domingo. O dispositivo foi detonado durante uma missa matinal. Nenhum grupo assumiu ainda a responsabilidade pelo ocorrido. O primeiro-ministro do país, o xeque Hasina Wajed, ordenou uma imediata investigação do caso, que aconteceu em uma cidade próxima a Gopalganj, sua terra natal. Recentemente, uma série de explosões de bombas em todo o país foi atribuída, pelo governo, a grupos muçulmanos fundamentalistas. Baniarchar, que fica a cerca de 230 quilômetros da capital Daca, tem um grande número de habitantes católicos. Aparentemente, esta foi a primeira explosão a ocorrer em uma igreja cristã no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.