Bomba mata quatro e deixa 27 feridos em Bagdá

A explosão de uma bomba matou, neste sábado, quatro pessoas e feriu 27 em uma feira em Bagdá, informaram autoridades policiais. Em outras partes do país, outras 13 pessoas foram mortas, em atos isolados de violência. Perto de Bagdá, atiradores emboscaram e mataram quatro pessoas de um grupo de sunitas e deixaram um ferido. O grupo viajava de Abu Ghraib à capital quando foram parados pelos atiradores, que abriram fogo, disse o capitão da polícia, Jamil Hussein. Hoje, um grupo de insurgentes sunitas, Ansar al-Sunna, divulgou um vídeo mostrando militantes interrogando três iraquianos para depois matá-los. Os insurgentes alegam que os três eram integrantes de "grupo de extermínio" xiita.O grupo não disse quando as execuções ocorreram, mas a divulgação do vídeo veio no mesmo momento em que se alertava que a morte do líder da Al-Quaeda, al-Zarqawi, não iria acabar com a insurgência ou seus atos violentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.