Bomba mata soldado canadense no sul do Afeganistão

Uma bomba colocada perto de uma estrada explodiu no sul do Afeganistão, matando um soldado canadense e ferindo outros quatro, informou na noite de ontem o Departamento Nacional de Defesa do Canadá. A morte ocorreu no próprio domingo, quando soldados canadenses patrulhavam o distrito de Shah Wali Kot, na província de Kandahar.As mortes ocorrem em meio ao aumento da violência no território afegão nos últimos três anos. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comprometeu-se a enviar mais 17 mil soldados ao país. O sul é o centro da insurgência liderada pelo Taleban. O reforço nas tropas terá como objetivo reforçar a segurança e o controle do governo local sobre o país.O principal general dos EUA no Afeganistão, David McKiernan, disse hoje em entrevista à BBC que as forças de coalizão "não estão vencendo a guerra" no sul e em partes do leste do país, mas afirmou que "houve progressos" no norte e oeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.