Bomba mata três pessoas em reduto islâmico da Nigéria

Três pessoas morreram nesta quarta-feira na explosão de uma bomba na cidade de Maiduguri, reduto da seita radical islâmica Boko Haram, no nordeste da Nigéria, disse o Exército.

Reuters

20 de fevereiro de 2013 | 18h50

Os membros da seita mataram centenas de pessoas no ano passado em sua tentativa de instituir um Estado islâmico em uma parte da Nigéria, um país de 160 milhões de habitantes, cuja população se divide de forma praticamente igual entre cristãos e muçulmanos. As forças de segurança nigerianas são o principal alvo da Boko Haram.

"Um explosivo improvisado direcionado contra a patrulha da Força Tarefa Conjunta explodiu na rotatória dos Correios por volta de 13h", disse o porta-voz militar Sagir Musa em nota.

"A explosão levou à morte de três civis, inclusive o homem-bomba, e matou duas outras pessoas."

(Reportagem de Ibrahim Mshelizza e de Isaac Abrak, em Kaduna)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAMORTEBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.