Bombardeio a hospital deixa 47 mortos

Pelo menos 47 pacientes morreram ontem no Sri Lanka depois que um hospital de campanha foi atingido por disparos de morteiro. O governo cingalês tenta derrotar o último reduto da guerrilha Tigres de Libertação do Eelam-Tâmil (LTTE, na sigla em inglês) na região. No entanto, ainda não está claro qual dos dois lados foi responsável pelo ataque.

, O Estadao de S.Paulo

13 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.