Bombardeio a povoado no Sri Lanka mata pelo menos 15

Pelo menos 15 pessoas morreram nesta terça-feira em um bombardeio do Exército do Sri Lanka a um povoado de pescadores no distrito de Mannar, no noroeste do Sri Lanka, uma região controlada pela guerrilha tâmil.O Secretariado de Paz dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) afirmou que o bombardeio destruiu 25 das 30 casas que formavam o povoado Ilupaikadavai e que as cinco restantes ficaram danificadas. Nenhuma fonte oficial confirmou a informação.O LTTE assegurou também que quatro dos mortos eram crianças e que pelo menos 30 pessoas ficaram feridas e foram levadas a hospitais próximos. Segundo os tâmeis, o número de mortos pode aumentar.Ilupaikadavai é um povoado de pescadores cristãos que celebrava a festividade do ano-novo quando foi atacado pelos aviões do Exército do Sri Lanka.O norte e o leste do Sri Lanka são palco de contínuos confrontos entre as forças governamentais e os rebeldes tâmeis, que no fim de outubro de 2006 se reuniram em Genebra para tentar retomar, sem sucesso, o processo de paz.Um cessar-fogo está vigente na ilha desde 2002, mas este é violado pelas duas partes de forma sistemática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.