Bombardeio deixa 100 civis mortos no Afeganistão

Os ataques aéreos americanos contra opovoado de Niazi Qala, no leste do Afeganistão, causaram a mortede cerca de 100 civis, informou hoje a agência de notíciasoficial Afghan Islamic Press (AIP). Citando o testemunho desobreviventes, a agência noticiou a retirada de 92 cadáveres -muitos dos quais de mulheres e crianças - dos escombros dedezenas de residências destruídas pelo bombardeio, desfechadopela Força Aérea dos EUA no domingo de manhã. Niazi Qala fica a cerca de 20 quilômetros de Gadez, capitalda província afegã de Paktia, onde as forças da coalizãoantiterror liderada por Washington estão caçando o milionáriosaudita Osama bin Laden e seus seguidores da organizaçãoterrorista Al-Qaeda. Horas antes do ataque a Niazi Qala, os EUAtinham bombardeado Sheikhan, outro vilarejo da região. As testemunhas ouvidas pela AIP asseguraram que em nenhum dosdois povoados atacados havia membros da Al-Qaeda ou do depostomovimento fundamentalista islâmico Taleban. Autoridades afegãs estavam convidando jornalistas estrangeirose observadores internacionais para constatarem os danos causadospelos bombardeios na província.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.