Bombardeio do exército do Sri Lanka mata oito rebeldes

Oito guerrilheiros dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) morreram e quatro ficaram feridos durante um bombardeio aéreo do exército do Sri Lanka no leste do país, informaram neste sábado os rebeldes.O ataque aconteceu por volta das 11h45 deste sábado (2h15 de Brasília), quando a força aérea cingalesa bombardeou o centro de conferências de Thenaham, em Karadiyanaru, cerca de 24 quilômetros ao noroeste de Batticaloa, diz o portal de notícias Tamilnet, afim à guerrilha.Thenaham foi durante algum tempo o quartel de segurança do LTTE, mas, mais tarde, foi transformado em hospedaria e em centro de conferências.Segundo a guerrilha, o exército também lançou duas bombas sobre a região de Illupadichchenai, no distrito de Batticaloa, controlado pelos rebeldes.Este é o quarto dia consecutivo em que as forças cingalesas atacam as posições da guerrilha.Os ataques começaram na quarta-feira, no distrito oriental de Triconmalee, também controlado pelos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.