REUTERS/Omar Sanadiki
REUTERS/Omar Sanadiki

Bombardeio em enclave rebelde sírio mata ao menos 15 crianças

Vítimas haviam se refugiado no sótão de uma escola na cidade de Arbin, um reduto dos rebeldes e que vem sendo submetido a intensos bombardeios há um mês

O Estado de S.Paulo

19 Março 2018 | 18h10

DAMASCO - Pelo menos 15 crianças e duas mulheres morreram neste bombardeio nesta segunda-feira sobre o enclave de Ghouta Oriental, na Síria, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

As vítimas haviam se refugiado no sótão de uma escola na cidade de Arbin, um reduto dos rebeldes e que vem sendo submetido a intensos bombardeios há um mês.

O ataque ocorre em um momento no qual tropas de Bashar Assad controlam 80% do enclave opositor. No domingo, ditador sírio Bashar Assad visitou a região. 

“Esta não é a batalha por Damasco, nem por Ghouta nem pela Síria, mas por todo o mundo. Cada bala que dispararam contra um terrorista mudou o equilíbrio (de poder) do mundo”, disse Assad, segundo a agência estatal Sana./ AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.