AFP
AFP

Bombas atingem comboio integrado por jornalistas na Síria

Um carro explodiu, matando um policial e ferindo outras três pessoas

Ansa,

20 de junho de 2012 | 16h08

DARAA - Duas bombas artesanais explodiram hoje na Síria contra um comboio de três carros que levava o enviado especial da ANSA Cláudio Accogli.

Veja também:

link Nações Unidas denunciam 'aumento drástico' de violência contra jornalistas

Dos três carros, o primeiro explodiu, matando um policial e ferindo outras três pessoas. O ataque ocorreu em Daraa, a cerca de 100 km da capital da Síria, Damasco. O jornalista da ANSA, porém, estava em outro veículo e saiu ileso do acidente.

Foram enviados ao local agentes de segurança e uma ambulância. Um dos policiais feridos perdeu as pernas, segundo os militares que prestaram socorro.

Em Daraa, a situação é de alta atenção, com algumas estradas vigiadas por militares sírios, o que impede a livre circulação.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.