Bombas atingem comício eleitoral na Nigéria, diz polícia

Duas bombas explodiram numa cidade no sul da Nigéria durante um comício político na quarta-feira, disse a polícia, o mais recente de uma série de ataques no país.

REUTERS

29 de dezembro de 2010 | 15h50

Beemo Seiff, candidato a governador do Estado de Bayelsa, fazia um comício na capital Yenegoa quando ocorreu a primeira explosão.

O representante da polícia estadual Aliyu Musa disse que ninguém morreu, mas que algumas pessoas foram levadas ao hospital com ferimentos.

"Foram dinamites instaladas mais cedo no local por pessoas que ainda estão foragidas. Estamos investigando", disse Musa. "O objetivo dos responsáveis era interromper o comício."

(Reportagem de Segun Owen)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIABOMBASCOMICIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.