Bombas encontradas na Alemanha fazem parte de um complô terrorista

Um grupo terrorista pode estar por trás do material explosivo encontrado em duas malas no último dia 31 de julho em dois trens nas cidades de Dortmund e Koblenz, informou nesta sexta-feira a BKA, Serviço Federal de Investigação Criminal.Em uma das malas foi encontrada uma folha com palavras escritas em árabe junto com um número de telefone do Líbano, afirmou Joerg Ziercke, presidente da BKA. Os explosivos seriam detonados no dia 31 de julho, simultaneamente, às 14h30 (horário local). As malas foram encontradas em um trem que ia de Aquisgrán a Hamm e outro que fazia o trajeto entre as cidades de Moenchengladbach e Coblenza.Ziercke reforçou que pelas investigações, a polícia acredita que é "pouco provável que se trata de uma tentativa de suborno ao Deutsche Bahn - ferroviários alemães -, mas sim de uma tentativa de ataque terrorista".Em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira, a BKA mostrou imagens de um vídeo gravado pelas câmeras de vigilância da estação central de Colônia, no oeste da Alemanha, na qual pode-se observar dois homens suspeitos. As imagens e fotos dos suspeitos foram disponibilizadas no site www.bka.de. Informantes com pistas sobre os homens vão receber a recompensa de 50 mil euros (o equivalente a R$137 mil).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.