Bombas explodem em centro eleitoral no Afeganistão

Diversas bombas explodiram em um centro de registro de eleitores comandado pela ONU no oeste do Afeganistão, deixando seis policiais feridos, incendiando carros e estilhaçando janelas, informaram a ONU e a polícia afegã. Trata-se do mais recente ataque contra agentes eleitorais no Afeganistão nos meses que antecedem o pleito presidencial de outubro.As explosões ocorreram por volta das 20h locais de quinta-feira, em um centro de registro de eleitores na cidade de Farah, perto da fronteira com o Irã e 750 quilômetros a sudoeste de Cabul, a capital afegã, disse Mohammed Rasool Khan, subcomandante da polícia da província de Farah. O porta-voz da ONU no Afeganistão, Manoel de Almeida e Silva, informou que houve seis explosões ao todo. De acordo com ele, três agentes estrangeiros da ONU estavam no local no momento da série de explosões, mas nenhum ficou ferido.Os agentes da ONU já concluíram a maior parte do trabalho de registro de eleitores na província e deverão seguir para a província de Herat, ao norte de Farah. "Não houve vítimas entre os agentes da ONU, mas o edifício foi danificado, assim como alguns veículos", prosseguiu Almeida e Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.