Bombas explodem em Damasco matando 15 e ferindo 4

Carro parou próximo à mesquita de Muaz Bin Jabal e explodiu na noite do sábado, 1º

AE, Agência Estado

02 de setembro de 2012 | 10h00

DAMASCO - Um carro-bomba explodiu perto de uma mesquita no sul de Damasco, na Síria, matando 15 pessoas, informou a mídia estatal neste domingo, 2, segundo a AFP. De acordo com o jornal estatal Tishrin, o carro parou próximo à mesquita de Muaz Bin Jabal e explodiu na noite do sábado, 1º.

Localizado no extremo sul da capital síria, Sbeneh é um bairro pobre em que o sentimento contra o governo é forte. Centenas de famílias procuraram abrigo no bairro desde que o conflito começou em Damasco em julho, de acordo com Rami Abdel Rahman, diretor do Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Além disso, neste domingo duas bombas explodiram próximo a prédios do serviço de segurança da Síria no centro da capital, ferindo quatro pessoas, todos militares, disse a televisão estatal síria. Autoridades do governo disseram que a explosão tinha como alvo um edifício em construção próximo a gabinetes da junta militar. O prédio, que estava vazio no momento da explosão, funciona como base para militares que fazem a segurança desses gabinetes, que ficam a 200 metros do local.

As informações são da Dow Jones e da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolênciaconfrontobombas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.