Bombas matam 10 pessoas em fila para comprar pão

Forças do governo da Síria que sitiam a cidade de Alepo atingiram pessoas que estavam em uma fila para comprar pão e mataram ao menos 10, afirmaram ativistas nesta quinta-feira. "Três bombas acertaram a rua próxima à padaria", disse Mohammad al-Hassan ativista baseado em Alepo. "Havia pessoas com suas crianças lá. Era como um rio de sangue".

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 13h49

Segundo o Observatório Sírio para Direitos Humanos, pelo menos outras 10 pessoas foram mortas pelos bombardeios em Alepo nesta quinta-feira. Nas últimas três semanas, centenas de sírios foram vitimados pelos conflitos na cidade, a maior do país. As tropas do regime do presidente Bashar Assad tentam expulsar os rebeldes, que controlam diversos distritos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaviolênciaAlepo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.