Bombas matam dois peregrinos iranianos no Iraque

Autoridades iraquianas disseram nesta quarta-feira que dois peregrinos iranianos em visita a templos xiitas no Iraque foram mortos quando uma bomba explodiu perto de um microônibus em que viajavam.

Agência Estado

16 de novembro de 2011 | 13h20

Oficiais de polícia e médicos em Bagdá disseram que outros nove iranianos ficaram feridos na explosão, assim como oito iraquianos que estavam perto do local.

Os iranianos viajavam da cidade de Samarra, no norte, sede de um templo sagrado xiita, para outro templo xiita nos arredores de Bagdá chamado Kazimiyah. Eles estavam a cerca de 25 quilômetros de Bagdá quando foram atingidos.

Os peregrinos geralmente são alvo de extremistas sunitas que dizem que os xiitas não são muçulmanos verdadeiros. As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.