Bombeiros do WTC estão com problemas respiratórios

Centenas de bombeiros que trabalharam nos escombros do World Trade Center desenvolveram problemas respiratórios - e alguns deverão se aposentar por invalidez -, informou hoje a Associação de Bombeiros Uniformizados (UFA, por sua sigla em inglês).Segundo o comandante dos bombeiros, sargento Thomas Manley, muitos que participaram dos trabalhos de resgate e de limpeza no WTC estão com dificuldade para respirar, sofrendo de tosse crônica ou com sintomas de asma.Manley estimou em 300 o número de profissionais que apresentaram problemas de pulmão depois de trabalharem no local dos atentados em Nova York e que deverão pedir aposentadoria caso sua saúde não melhore.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.