Bombeiros extinguem 2 grandes incêndio em Portugal

Bombeiros de Portugal conseguiram extinguir dois grandes incêndios que consumiram áreas de florestas durante mais de 30 horas e provocaram a morte de pelo menos uma pessoa, informou a defesa civil nacional nesta terça-feira. Apesar disso, os serviços de emergência permaneciam em alerta por causa das previsões de altas temperaturas e fortes rajadas de vento seco para Portugal.

AE, Agência Estado

04 de setembro de 2012 | 10h45

De acordo com a defesa civil portuguesa, 800 bombeiros estavam mobilizados para o combate de nove focos de incêndios florestais no norte do país na manhã de hoje. O maior foco em andamento em Portugal no momento encontra-se em Ourem, nas proximidades de Leiria, onde um incêndio florestal iniciado no domingo provocou a morte de um homem de 54 anos. O foco de incêndio foi debelado nas primeiras horas desta terça-feira.

Ontem, 289 focos de incêndios obrigaram a mobilização de 7.300 homens e mais de 2.000 veículos do Corpo de Bombeiros. Os incêndios florestais levaram o governo de Portugal e pedir ajuda à União Europeia (UE) na segunda-feira. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Europaincêndios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.