Bósnia pede aos EUA extradição de ex-diplomata

Autoridades bósnias pediram aos Estados Unidos a extradição de um ex-embaixador de seu país na Organização das Nações Unidas (ONU), que enfrenta processos criminais na Bósnia, informou o jornal Dnevni Avaz, de Sarajevo, neste domingo. Muhamed Sacirbey é acusado de ter apropriado-se indevidamente de US$ 610.980 no ano 2000, quando era representante do país na ONU. Depois de perceberem que o dinheiro havia desaparecido da missão bósnia na ONU, a chancelaria pediu uma explicação a Sacirbey. Sacirbey fez declarações contraditórias e às vezes não se apresentava para responder às questões, disse o chanceler Ivica Misic ao jornal.

Agencia Estado,

06 Janeiro 2002 | 12h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.