BP instala nova tampa sobre poço no Golfo do México

A British Petroleum (BP), maior petroleira do Reino Unido, concluiu hoje a instalação da tampa de vedação sobre o poço que está vazando óleo no Golfo do México. Segundo o vice-presidente da empresa, Kent Wells, a companhia realizará testes ainda hoje para ver se a tampa é capaz de conter o fluxo de óleo do poço.

AE, Agência Estado

13 de julho de 2010 | 11h59

A BP está executando testes sísmicos e planeja, posteriormente, começar a examinar as condições do poço, disse Wells. O executivo se recusou a especular sobre a probabilidade de sucesso da colocação da nova tampa de vedação.

Se a tampa não conseguir fechar o poço, ela ainda vai aumentar a capacidade da empresa para capturar o óleo expelido do poço, impedindo que ele vaze para o mar, disse Wells. Mesmo que a tampa não capture todo o óleo, a sua instalação foi um passo necessário antes da esperada temporada de furacões.

Investimento

O poderoso xeque de Abu Dabi, Mohammed bin Zayed Al Nahyan, disse que o emirado está estudando fazer um investimento na BP, que lida com os crescentes custos relacionados ao acidente no Golfo, segundo a agência de notícias Bloomberg. "Nós ainda estamos pensando sobre isso", afirmou o xeque à agência, quando indagado se Abu Dabi estava considerando comprar uma participação na BP.

O CEO da companhia, Tony Hayward, se reuniu com autoridades do emirado na semana passada, incluindo o xeque, durante uma visita do executivo a Abu Dabi. Uma pessoa com conhecimento da reunião afirmou que o executivo ficaria feliz se o emirado adquirisse uma fatia de até 10% na companhia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ambientevazamentoGolfo do México

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.