BP pode selar poço domingo, diz novo executivo-chefe

O futuro executivo-chefe nomeado pela British Petroleum (BP), Bob Dudley, afirmou que a companhia pode conseguir fechar permanentemente o poço no Golfo do México no domingo. Ele está "otimista" de que não haverá mais vazamento no poço. Escolhido para suceder Tony Hayward, Dudley disse também que a BP quer restaurar sua reputação, afetada pelo vazamento, e alertou que toda a indústria de energia atuante no Golfo do México será alterada pelo acidente.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2010 | 12h43

Em entrevista à CNBC, Dudley também declarou que vai procurar retomar o dividendo da companhia assim que isso se provar viável. À rede ABC News, o executivo prometeu "mudar a cultura" da companhia quanto a assuntos de segurança em função do desastre no Golfo do México e afirmou que sua prioridade é fechar o poço e conter o vazamento de petróleo, além de limpar e recuperar as praias da região. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.