BP terá de pagar royalties por óleo perdido

O governo do presidente Barack Obama informou hoje que a British Petroleum (BP) deve pagar royalties sobre o petróleo e o gás natural coletados do poço danificado no Golfo do México, além de ser responsável por royalties relativos ao petróleo perdido no vazamento, se for comprovado que negligência ou violação de normas contribuíram para o desastre.

LIGIA SANCHEZ, Agência Estado

15 de julho de 2010 | 15h56

O novo diretor do Bureau de Gerenciamento, Regulação e Aplicação de Energia Oceânica do Departamento de Interior, Michael Bromwich, notificou a BP sobre sua responsabilidade em carta, datada de hoje, que foi descrita em comunicado distribuído pelo órgão. "A BP deve relatar imediatamente toda atividade relacionada a petróleo e gás associada ao poço de Macondo", diz o texto.

Bromwich afirmou que, pela lei, a BP também "deve pagar royalties imediatamente por todo petróleo e gás coletados do poço de Macondo." Ele acrescentou que a BP está diante de possíveis responsabilidades por royalties sobre petróleo perdido ou desperdiçado, com base em cláusulas da Lei Federal de Gerenciamento de Royalty sobre Petróleo e Gás e na concessão da BP. A empresa não estava disponível para comentar o assunto. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleovazamentoambienteBPObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.