Braço armado do Hamas assume ataque contra Israel

As Brigadas de Ezzedeen Al-Qassam, braço armado do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), assumiram nesta terça-feira, 24, a autoria do lançamento de foguetes e bombas do norte da Faixa de Gaza contra Israel.Em comunicado à imprensa, as Brigadas informaram que dispararam 20 foguetes Qassam e 75 bombas contra território israelense.Segundo a imprensa israelense, alguns foguetes caíram em espaços abertos no deserto do Neguev, no sul do país, sem deixar feridos nem causar danos.Helicópteros da Força Aérea israelense dispararam vários mísseis contra os terrenos usados pelos milicianos palestinos para disparar os projéteis.Fontes do Hamas informaram que o objetivo dos ataques é "reduzir a pressão sobre o norte da Faixa de Gaza", que o Exército israelense estuda invadir.Os ataques com foguetes a partir de Gaza foram retomados nos últimos dias. Se for confirmada a autoria dos lançamentos por parte do Hamas, seria a primeira vez que a facção teria rompido abertamente o cessar-fogo declarado em novembro.Recentemente o Hamas recomendou a seus milicianos a retomada da violência contra Israel em resposta a uma série de operações militares israelenses na Cisjordânia e Gaza, na qual morreram nove palestinos no último fim de semana.Os Batalhões Saraya al-Quds, da Jihad Islâmica, também se responsabilizaram pelo ataque com um foguete contra a passagem fronteiriça de Shufa, entre a Faixa de Gaza e Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.