Brasil "deplora" ações de Israel contra Arafat

Em nota divulgada nesta segunda-feira pelo Itamaraty, o governo brasileiro afirmou que, "de acordo com o sentimento de toda a comunidade internacional, deplora a ação armada empreendida nos últimos dias pelas Forças de Defesa de Israel em territórios e cidades palestinas, particularmente os ataques à infra-estrutura da Autoridade Palestina e as ameaças à integridade física do presidente Yasser Arafat".Na última quinta-feira, o governo já havia manifestado preocupação com a situação no Oriente Médio e apelado ao governo israelense para preservar a integridade do líder palestino, ao mesmo tempo em que lamentava o atentado terrorista, em Tel Aviv, que resultou na morte de vários cidadãos israelenses. O atentado desencadeou a atual ofensiva de Israel contra Arafat."O governo brasileiro apela ao governo de Israel no sentido de determinar a suspensão definitiva de ações que conduzem à destruição da infra-estrutura de governo palestino", diz a nota divulgada hoje.No documento, o governo faz também novo apelo para que as israelenses e palestinos interrompam a violência e retomem negociações de paz. Pede ainda que as tropas israelenses se retirem dos territórios palestinos e permitam o acesso das organizações de assistência humanitária às populações afetadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.