Brasil e Turquia não participarão de diálogo, diz Rússia

O chanceler russo, Serguei Lavrov, afirmou ontem que Brasil e Turquia não participarão das próximas negociações nucleares iranianas, como havia sido proposto na terça-feira por Teerã. "O Conselho de Segurança da ONU só reconhece o grupo dos 5+1 (cinco membros permanentes e a Alemanha)", disse Lavrov. Brasil e Turquia firmaram um acordo de troca de urânio enriquecido com o Irã, em maio. Desde então, os iranianos tentam incluir governos aliados entre os negociadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.