Brasil envia material médico para vítimas no Paraguai

O Brasil enviou hoje um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) carregado com cerca de 9,5 toneladas de medicamentos, respiradores e equipamento médico-hospitalar para ajudar as vítimas do incêndio ocorrido ontem no Paraguai. O governo brasileiro também ofereceu ao país vizinho a possibilidade de que pacientes queimados sejam transferidos e tratados no Brasil em instituições especializadas.O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, enviaram mensagens de solidariedade ao presidente paraguaio, Nicanor Duarte, e à chanceler, Leila Rachid, na qual manifestaram o pesar dos brasileiros pela tragédia. Mensagens de condolências também foram transmitidas às famílias das vítimas.A tragédia aconteceu no supermercado Ycua Bolanos, de Assunção. Sobreviventes contam que portas trancadas atrapalharam a fuga. Morreram pelo menos 311 pessoas, e há ainda 276 feridos, 70 deles em condição crítica. Segundo as autoridades, é o maior número de vítimas no páis desde o golpe militar frustrado de 1947, que deixou 8.000 mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.