Brasil estabelece relações com a Coréia do Norte

O governo do Brasil anunciou na noite desta sexta-feira o estabelecimento de relações diplomáticas com a Coréia do Norte, "em plena observância dos princípios de igualdade de direitos, respeito à soberania e não intervenção em assuntos internos". Os embaixadores do Brasil e da Coréia do Norte nas Nações Unidas apresentaram na tarde desta sexta na ONU um comunicado conjunto sobre o estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países. O conteúdo do documento foi divulgado em Brasília pelo embaixador brasileiro na Coréia do Sul, Sérgio Serra. Desde a separação das Coréias, em 1945, e a criação dos dois Estados, em 1948, o Brasil nunca teve relações diplomáticas com a Coréia do Norte. Enquanto o Norte adotou um regime comunista, apoiado pela então União Soviética, o Sul converteu-se ao capitalismo, com o respaldo dos Estados Unidos. Em 1959, o Brasil estabeleceu relações com a Coréia do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.