Brasil lamenta "ruptura da ordem institucional" na Venezuela

O Ministério das Relações Exteriores divulgou hoje uma nota afirmando que o governo brasileiro lamenta a "ruptura da ordem institucional" na Venezuela e deplora os atos de violência naquele país, que culminaram com a morte de 12 pessoas. Na nota, o governo manifesta confiança no povo venezuelano para que encontre o caminho da normalidade democrática.A íntegra da nota é a seguinte:"O governo brasileiro acompanha com preocupação a situação na Venezuela. Lamenta a ruptura da ordem institucional, deplora os atos de violência que produziram mortos e feridos e manifesta sua solidariedade com as famílias das vítimas. O governo brasileiro reafirma a importância da democracia e dos direitos da cidadania, valores e princípios compartilhado s e consagrados em nossa região. Nessas condições, está em consulta com países vizinhos e os foros competentes nos termos da cláusula democrática em vigor. O governo brasileiro expressa sua confiança em que a nação venezuelana saberá, com a serenidade que as circunstâncias exigem, encontrar o caminho para o retorno à normalidade democrática, mediante a realização de eleições em breve prazo".Leia tudo sobre a crise na Venezuela

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.