Brasil não é o único líder da região, diz Chávez

Presidente da Venezuela contesta influência de Lula e diz que há um ''conjunto de lideranças''

Denise Chrispim Marin e Tânia Monteiro, O Estadao de S.Paulo

18 de dezembro de 2008 | 00h00

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse ontem que o Brasil não é o único país a exercer "uma liderança importante na América Latina". "Trata-se de um conjunto de lideranças", disse Chávez, quando questionado sobre a influência do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, na região. "Em vez de uma liderança, para o bem da América Latina, o melhor é um conjunto de lideranças. Existe hoje uma nova América Latina. A Bolívia exerce uma liderança, o Equador, o Paraguai, o Chile, Cuba." As declarações foram feitas pouco antes do início da segunda sessão de discussões da Cúpula da América Latina e do Caribe (CALC). Ao comentar a crise econômica global, Chávez disse que ela seria um sinal de que o capitalismo "está morto" e a região deve buscar como alternativa a consolidação do socialismo. "O socialismo não está morto. Está mais vivo do que nunca. O que está morto é o capitalismo." Chávez evitou, porém, a confrontação direta com as posições do governo brasileiro, que além de participar do G-20, grupo de economias desenvolvidas e emergentes mobilizadas para discutir a crise financeira mundial, que mantém políticas econômicas consideradas neoliberais por parte da maioria dos países latino-americanos. "Não vou falar por Lula. Não acho que ele esteja pensando em revisar o capitalismo", disse."O capitalismo não é de (Barack) Obama nem de (George W.) Bush", afirmou o presidente venezuelano, referindo-se ao presidente eleito dos EUA e ao que deixará o cargo em 2009. E acrescentou: "O capitalismo é do diabo. De Obama esperamos um pouco." Chávez qualificou de "inúteis" as "medidas desesperadas" adotadas pelos países desenvolvidos, que injetaram bilhões de dólares para "tentar salvar" suas economias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.