Brasil vai destinar R$ 25 mi à Autoridade Nacional Palestina

Objetivo da lei sancionada por Lula é ajudar na reconstrução da Faixa de Gaza

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

20 de julho de 2010 | 20h46

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta terça-feira, 20, projeto de lei que prevê a destinação de R$ 25 milhões à Autoridade Nacional Palestina. O objetivo é ajudar na reconstrução da Faixa de Gaza. Hoje Lula teve encontro com o comissário de relações exteriores do Fatah e ex-ministro de relações exteriores da Palestina, Nabil Shaat.    

 

Veja também:

linkChanceler da Turquia pede reconciliação entre palestinos do Hamas e do Fatah

lista Veja as novas regras do bloqueio de Gaza

"Gaza é um centro de preocupações mundiais. É dinheiro para um fundo que vai trabalhar para a reconstrução, um fundo administrado pelas Nações Unidas", explicou o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, ao deixar o Centro Cultural Banco do Brasil, sede provisória do governo.

O governo Lula condenou o ataque de navios da marinha israelense a uma frota de ajuda humanitária para a Faixa de Gaza, em maio passado - a cineasta brasileira Iara Lee estava em uma das embarcações. Na ocasião, Amorim reiterou críticas ao bloqueio imposto à região. "Ação humanitária que não teria sido nem necessária se terminasse o bloqueio à Gaza, que já está durando tanto tempo", disse Amorim à época.

Segundo o chanceler, há um interesse palestino de que o Brasil permaneça nas discussões sobre a paz no Oriente Médio. Sobre as relações Brasil-Israel, Amorim negou haver abalo diplomático com o episódio. "A relação do Brasil com Israel não foi abalada, tanto assim que devo ir pra Israel proximamente", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinaFaixa de GazaLulaajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.